Aba 1

BLOG|INCOMUM*

Postado em 29 de Abril de 2021 às 11h24

Branding com o jeito Incomum: por que a marca é descoberta, não inventada

Conteúdo (142)Trabalhos (134)

Na agência Incomum, defendemos um processo de branding sem atropelos, que respeite toda a história, cultura e propósito que vem antes.

Branding
é um termo do marketing que passou a ser bastante usado e conhecido nos últimos anos — não apenas entre os profissionais da área, mas também entre empreendedores de todos os setores.

Muita coisa se fala sobre o assunto. Mas também tem coisa que se fala pouco: você sabia que, para o criativo dar cara a uma marca, tem toda uma história e uma cultura que devem ser levadas em conta?

Neste post, vamos explicar por que acreditamos que a marca é mais descoberta do que inventada — ou seja, o branding é uma consequência de muita coisa que vem antes.

Siga a leitura para entender!

O que é branding?

Branding é um conjunto de práticas que visam criar e gerir marcas.

Marca é o que faz um produto ou serviço ser reconhecido e diferenciado de outros. Não é apenas seu nome e logotipo, mas também valores e conceitos atribuídos a ele.

Muitas das definições sobre o que é branding que encontramos por aí focam na conexão que a marca precisa ter com o consumidor.
O que está totalmente correto: é preciso pesquisar e observar o perfil do público-alvo para criar uma identidade que esteja na mesma frequência dele.

Antes disso, porém, o processo de branding precisa focar na conexão entre a marca e o produto/empresa.

É o que afirmamos antes: o processo de branding tem mais a ver com descoberta do que com invenção. Criar uma marca, no modo de pensar da Incomum, é dar uma cara, resumir com elementos visuais e conceitos algo que já está lá.

Branding com o jeito Incomum

Na agência Incomum, conduzimos um trabalho de comunicação estratégica, que é feito sem atropelos. Defendemos que comunicação não é fast-food. Para fazer bem feito, toma tempo.

Temos uma metodologia chamada Plano de Voo, que divide este trabalho em quatro etapas:

  • Diagnóstico: A etapa de coleta de dados (com entrevistas, pesquisas, visitas e análises), que funciona como uma verdadeira sessão de terapia.
  • Conceito: Nesta etapa, os dados levantados no diagnóstico são transformados em algo palpável e autoexpressivo.
  • Rotas: O conceito é desdobrado em ações estratégicas que ajudem a reforçá-lo e divulgá-lo da forma certa.
  • Decolagem: É quando todo o esforço das etapas anteriores é colocado em prática. As coisas saem para rua e acontecem.

Apesar de não usarmos este nome, o Plano de Voo tem muito a ver com o processo de branding. Na etapa de conceito, a marca toma corpo (ou é transformada, em cases de reposicionamento de marca).

Mas não se chegaria até esse conceito sem o diagnóstico, em que os líderes do negócio são ouvidos, para que entendamos sua história e suas motivações.

Depois disso, aí sim o foco é no consumidor — e, principalmente, na conexão do produto/empresa com esse consumidor.

Qual o valor que a empresa oferece ao consumidor? Como os dois se relacionam? Quais os diferenciais dos produtos ou serviços? Como a companhia resolve a dor do consumidor?

Na visão da Incomum, o papel do branding é condensar em uma marca as respostas às perguntas acima.

E quando se trata de uma empresa nova?

Se a empresa ainda está sendo criada, não temos como considerar sua história e cultura organizacional no processo de branding, certo?

A empresa pode não ter uma história ainda, mas as pessoas que a criaram sim. Eles têm uma trajetória e, principalmente, um propósito que os motivou a criar a companhia. É a partir daí que o trabalho do branding começa.

Conheça a Incomum e o Plano de Voo

Outra coisa que pouca gente fala sobre o branding é que a construção de uma marca é um processo que nunca termina.

Por isso, é muito importante contar com um parceiro de comunicação estratégica, que está sempre pronto para observar como as coisas se desenrolam na prática e agir quando é necessário reavaliar os rumos.

Essa é a proposta da Incomum: ser seu braço direito nessa jornada. Quer saber mais sobre o modo como trabalhamos? Marque uma conversa :)

Para saber mais sobre o Plano de Voo, leia o artigo "Sua empresa possui um Plano De Voo?". Ou se preferir, veja aqui os depoimentos de quem já viveu esse processo.

Veja também

“Sinfonia São Gonçalo”, uma homenagem ao Canal São Gonçalo.09/08Idealiza Presenteia Pelotas Com Uma Sinfonia A “Sinfonia São Gonçalo” é uma homenagem ao Canal São Gonçalo. A história das artes está repleta de grandes peças criadas sob encomenda. “A Última Ceia”, de Leonardo da Vinci, foi contratada pelo Duque Ludovico Sforza para o Convento Santa Maria delle Grazie. O “Bolero de Ravel”, pela bailarina russa Ida......
Comunicação integrada: a importância para seu negócio!27/07 A comunicação integrada é uma estratégia que visa melhorar as ações de marketing de uma empresa e o contato com o cliente, promovendo a melhor experiência possível para o interessado. Além......
Comunicação: quanto mais melhor ?14/07 Lendo o livro “A Loja de Tudo — Jeff Bezos e a Era da Amazon”, de Brad Stone, me deparei com estes trechos:...

Voltar para Blog

newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Assine a nossa newsletter e recebe estes conteúdos diretamente no seu e-mail.

Nome
E-mail
Resolva :

tags blog