Aba 1

BLOG|INCOMUM*

Postado em 25 de Maio às 14h50

Para desconfundir: glossário de marketing e comunicação da agência Incomum

Conteúdo (113)

Qualquer meio profissional tem seu jargão, e com as áreas da comunicação, publicidade e marketing não é diferente.

O problema é quando o profissional de agência usa esse vocabulário especial a torto e direito e fica difícil para o cliente, que não é especialista, entender do que ele está falando.

Pensando nisso, preparamos um glossário da comunicação, com alguns termos e expressões que utilizamos na agência Incomum, com a intenção de "desconfundir".

O que é marketing, o que é comunicação e o que é publicidade?

Antes de ir para as expressões mais específicas, vamos para o básico, porque até hoje essas definições geram dúvidas.

O que é Marketing

Market, em inglês, quer dizer mercado. Marketing é uma área que tem como objetivo planejar estratégias e ações para melhorar o posicionamento e os resultados de uma empresa dentro de determinado mercado.

É comum enxergar o termo sendo utilizado como sinônimo de ações de comunicação e publicidade (como criação de anúncios e gestão de redes sociais), mas na essência é uma área mais ampla, relacionada até com o desenvolvimento de produto, sua precificação e distribuição.

O que é Comunicação

Comunicação é a área que se encarrega de transmitir uma mensagem para determinado público, geralmente o grupo de consumidores de uma marca.

Acreditamos que, assim como o termo marketing, essa área tem um significado maior do que as pessoas costumam atribuir. Para a Incomum, não se comunica apenas com palavras e imagens, mas também com ações, empatia e sentimento.

O que é Publicidade

Publicidade é um conjunto de práticas de comunicação que tem o objetivo de divulgar ao público consumidor uma marca, produto, serviço ou outra informação relacionada a uma empresa.

Em relação à comunicação, é um pouco mais específica, com maior foco no incremento às vendas e no aumento da visibilidade da marca em canais de mídia.

Sendo assim…

A agência de comunicação tem um escopo amplo. Cria e executa ações, sim, mas também tem uma atuação estratégica na definição de como a empresa deve se apresentar e comunicar — tanto com o público externo quanto interno.

Já o trabalho de uma agência de publicidade pode envolver bastante pesquisa e estratégia também, mas se concentra na criação de conceitos, identidade visual, anúncios e outras ações de comunicação.

E agência de marketing? O marketing é, geralmente, um setor dentro da empresa que contrata as agências. Afinal, é uma área que demanda muita integração com todos os processos da companhia.

Mas há outros tipos de agências que prestam serviços de comunicação, como:

Agência de marketing digital (ou simplesmente agência digital): mapeia os caminhos online pelos quais a empresa pode se comunicar e gerar resultados, planeja e executa ações, anúncios e conteúdos nesses canais.

Agência de conteúdo: especializada em criar textos ou vídeos sobre assuntos relacionados com o negócio da empresa, permitindo que ela se apresente a seu público como uma referência no seu segmento de atuação.

Agência 360º: os 360 graus fecham um círculo completo, o que quer dizer que essa agência se propõe a prestar ao cliente todo o tipo de serviço de comunicação que ele precisar.

Agência de growth hacking: agência muito focada em resultados, que se propõe a criar soluções inovadoras. O objetivo é promover o crescimento rápido do cliente, por isso as agências de growth hacking têm estreita relação com o mercado de startups.

Glossário das agências de comunicação

Agora, apresentamos alguns termos com os quais você pode se deparar no universo da comunicação, marketing e publicidade.

Branding: área que cuida da concepção e gestão de uma marca. Não apenas com nomes, frases e imagens, mas com conceitos e valores.
Construção de marca: uma das preocupações do branding. Poucos entendem, porém, que uma marca está em eterna construção, é um processo que nunca termina.

Comunicação estratégica: especialidade da agência Incomum, é quando mergulhamos na identidade da marca e usamos práticas de comunicação para posicioná-la estrategicamente no mercado — ou até como ferramenta de gestão de pessoas.

Identidade de marca: a identidade não é apenas o que a marca comunica, e sim o que ela é, como as pessoas a percebem. Quando a identidade está alinhada com o propósito da empresa, a comunicação com o público flui muito melhor.

Propósito de marca: é a razão de ser da empresa, o que motivou seus fundadores a criá-la. E não estamos falando do dinheiro, e sim de uma paixão, um bem intangível que se reflete na cultura da organização. Leia nosso artigo sobre propósito de marca para saber mais.

Diagnóstico de comunicação: é uma investigação e análise da maneira como a empresa se comunica. No processo de diagnóstico da Incomum, a investigação é também interna, para descobrir quais as dores e oportunidades da empresa.

Posicionamento de marca: dentro do branding e a partir do propósito e identidade de marca observados no diagnóstico, como ela vai se posicionar no mercado?

Reposicionamento de marca: por vários motivos, experimentar um novo posicionamento pode ser importante para engajar o público externo e também interno. É importante deixar claro que o reposicionamento precisa envolver a busca por uma verdade que se perdeu. Entenda melhor lendo este artigo.

Meio de comunicação: é o formato da mediação entre a mensagem e o receptor. Televisão, rádio, jornal e internet são meios de comunicação.

Canais de comunicação: é um termo um pouco mais específico, que diz respeito às vias dentro dos meios de comunicação pelas quais transcorrem as mensagens. A internet é um meio de comunicação, já o WhatsApp é um canal. Mas há quem use canal como um termo mais genérico que meio — considerando a TV um "canal eletrônico", por exemplo.

Veículos de comunicação: são as empresas cuja especialidade é transmitir informação e/ou entretenimento ao público. Exemplos são a Rede Globo de comunicação e o jornal Folha de S.Paulo.

E aí, desconfundimos ou confundimos mais ainda? Deixe um comentário abaixo contando o que ainda não está claro e avise se ficou faltando algum termo.

Para saber mais sobre o trabalho de comunicação estratégica da Incomum, marque uma conversa com a gente :)

Comentários!

Comentários

Seja o primeiro a comentar! : )

Veja também

DE MÃOS DADAS NA PANDEMIA: O DIGITAL E O MERCADO IMOBILIÁRIO01/09 O trabalho comercial de corretagem de imóveis sempre foi extremamente pessoal. Com o passar do tempo, estratégias digitais de captação de leads, impulsionadas ou não por inbound marketing entraram em campo. Elas complementaram a entrada de interessados, mas as etapas de tomada de decisão e fechamento ainda necessitam, em sua imensa maioria, de um trato acolhedor e......
Não é fast-food! Estratégia de comunicação toma tempo 31/07 Chega a sua vez na fila do fast-food. Você faz o pedido, paga, dá uns passos para o lado e já tem o lanche em mãos. Para ter toda essa praticidade e velocidade, sabemos que é preciso sacrificar alguma coisa: a qualidade do......
Dores do crescimento: a hora de expandir05/06 Quando uma empresa sente que é hora de crescer, esse processo pode ser um pouco desconfortável. Em meio a todas as mudanças, medidas devem ser tomadas para recuperar a essência daquele negócio....

Voltar para Blog

newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Assine a nossa newsletter e recebe estes conteúdos diretamente no seu e-mail.

Nome
E-mail
Resolva :

tags blog