Aba 1

BLOG|INCOMUM*

Postado em 20 de Abril às 09h36

O jeito Incomum de se comunicar

Internas (24)

Estamos acostumados a falar dos outros — nossos clientes, no caso — e ensiná-los a falar de si próprios. Aí quando vamos falar de nós mesmos, parece complicado.

É que existe um jeito Incomum de fazer as coisas que, para quem está aqui dentro, é bem fácil de entender, mas difícil de transformar em palavras.

Somos uma agência de comunicação estratégica

Para começar, nos posicionamos não como uma agência de publicidade, e sim como uma agência de comunicação estratégica.

Sim, a gente faz logo, slogan, anúncio, etc. Mas esses são apenas a ponta de um trabalho estratégico bem maior. Antes disso, há um esforço muito grande para entender as dores e o propósito da empresa que atendemos.

Aliás, com alguns clientes nem nos envolvemos na produção das peças publicitárias finais. O que a gente faz é criar (ou melhor, descobrir) um conceito e entregar diretrizes que guiarão a comunicação da empresa com seus públicos interno e externo.

Para isso, há muita pesquisa e escuta. As descobertas que surgem nesses processos (temos uma metodologia própria, o Plano de Voo) impactam a organização como um todo — por isso gostamos que os clientes nos vejam como um braço direito.

Em vez de inventar o que não existe, ajudamos a enxergar a verdade de um jeito que as pessoas não tinham percebido, embora já sentissem.

Pilares da agência Incomum

Acabamos de usar a palavra verdade, que é um dos pilares da agência Incomum. Para que você entenda melhor quem somos, vamos falar sobre eles.

Verdade

Verdade, aqui, não é apenas o contrário de mentira. Esse pilar representa a inquietude de quem não se contenta com qualquer resposta, de quem quer cavar sempre mais fundo, até encontrar o que procura.

Como a criança que está sempre perguntando "mas por quê?", movida pelo entusiasmo da descoberta.

Temos obsessão pela verdade não só porque não queremos mentir, mas sim porque ela é essencial para a comunicação de uma marca.

Se uma empresa tenta apresentar uma identidade que não é sua, cedo ou tarde a verdade vem à tona. Então não basta falar bonito, tem que falar bonito o que é real. A verdade é a base da confiança.

"Se não há convergência de valores, de interesses e de objetivos dentro de uma organização, uma marca se torna esquizofrênica e não consegue se comunicar de forma eficiente", resume Daniel Cuca Moreira, sócio e diretor da Incomum.

Entusiasmo

Se não houvesse entusiasmo, qual seria o sentido disso tudo?

Para nós, é importante que as pessoas que fazem a Incomum não sejam movidas apenas pela motivação — que pode vir do ambiente, do salário no final do mês, da carga horária, da relação com os colegas e do tipo de job que entra na pauta.

Mais do que isso, a gente gosta de se sentir entusiasmado e enxergar o outro com o mesmo sentimento. O entusiasmo vem de dentro, só de dentro.

É ele que faz com que os problemas pareçam contornáveis, que as objeções pareçam irrelevantes.

"Pessoas entusiasmadas não agem em busca da recompensa. Ao contrário, o grande prazer está no fazer, não no objetivo alcançado. Na jornada e não no destino. O resultado é apenas consequência", reflete Gisele Treptow, sócia e diretora de estratégias digitais da Incomum.

Inovação

Já que o assunto somos nós, por que não falar sobre nosso nome?

Ninguém precisa abrir um dicionário para entender o significado da palavra incomum. E todo mundo sabe que a mensagem que foge do senso comum e traz algo novo vem com mais impacto.

Só que o incomum de hoje é o comum de amanhã, e nossa proposta é sermos continuamente incomuns. Isso só é possível se nunca pararmos de exercitar a mentalidade inovadora.

Inovou uma vez, tornou-se incomum. O tempo passou, voltou a ser comum, e assim continuará se deixar de inovar.

"Na Incomum, nunca nos acomodamos com processos, tarefas e ideias que vêm funcionando. Sempre pensamos em como podemos fazer internamente mais rápido, melhor, mais simples e com maior alegria", diz Daniel Cuca Moreira.

Bem comum

A gente se considera uma empresa humanizada. Clica ali se você quiser entender o que isso significa, mas já adiantamos que é muito mais do que apenas evitar que os colaboradores fiquem trabalhando além do horário.

A empresa humanizada é aquela que respeita todas as dimensões do ser humano. E é um pouco disso que se trata este pilar, o bem comum.

A agência é incomum no modo de pensar e trabalhar, mas valores como a qualidade de vida e o bem-estar queremos que sejam comuns a todos.

"Aqui, o bem-comum, aparece na prática das nossas relações internas, buscamos respeito, apoio, empatia e colaboração constantemente.

Gostamos de parecer uma família: falamos alto, temos crises, nos apoiamos e adoramos nos reunir à volta da mesa", conta Stela Nesello, sócia e diretora de atendimento da Incomum.

O que nos move é fazer as pessoas se sentirem realizadas, seja trabalhando com a gente, contratando nossos serviços ou consumindo os produtos de nossos clientes.

Afinal, como lembra Stela, "sua empresa não é sua sede, seus números e nem sua conta bancária. Isso são apenas ferramentas. O coração que bate dentro de suas paredes é bombeado pelas pessoas".

O que achou do jeito Incomum de ser? Navegue pelo nosso blog e leia outros textos para saber mais e conheça nossos trabalhos.

Ou então entre em contato para a gente conversar :)

Comentários!

Comentários

Seja o primeiro a comentar! : )

Veja também

“Vamos falar sobre Casarão na Incomum”, um encontro para reforçar a nossa relação.22/06 A relação entre a Incomum e a Casarão não é de hoje. Desde 2015, a imobiliária é nossa cliente, e foi a primeira a fazer o Plano de Voo. Muita coisa mudou desde então, e para que a gente ficasse a par dessas transformações, recebemos um convite muito especial. O “Vamos falar sobre Casarão na Incomum” aconteceu em uma......
SOBRE A LIVE Amor Por Pelotas18/05 Live Amor por Pelotas. Estive envolvido com a iniciativa voluntária da Incomum que foi transmitida nesse sábado. Como se trata de um evento de interesse geral da cidade, resolvi comentar alguns aspectos e prestar alguns agradecimentos para quem......

Voltar para Blog

newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Assine a nossa newsletter e recebe estes conteúdos diretamente no seu e-mail.

Nome
E-mail
Resolva :

tags blog