Aba 1

BLOG|INCOMUM*

Postado em 05 de Junho às 10h39

Série Dores do Crescimento Organizacional

Conteúdo (117)

É PRECISO VOLTAR-SE PARA DENTRO - FASE 3

A partir do momento em que as dores surgem, a empresa entende que precisa retomar alguns de seus valores. E é esse o processo que a Incomum faz através do Plano de Voo.

Quando uma organização percebe que é necessário resgatar a sua identidade e as suas relações, o caminho mais genuíno a ser tomado é voltar-se para dentro de si mesma.



É principalmente na passagem da fase integrada para a fase estruturada que a Incomum realiza o processo de retomada através do Plano de Voo. Nele, a gente descobre, em um mergulho, a história e os valores da empresa, dentro daquilo que percebemos da cultura organizacional do negócio.

A partir desse olhar interno, conseguimos revelar quais os pontos essenciais daquela organização. E então, é possível criar uma estrutura de comunicação que faça sentido, e que funcione como uma rocha para tornar a edificação mais sustentável.

A comunicação é a chave do sucesso

Quando esse reconhecimento acontece, existe uma volta para a identidade e para as relações. As pessoas que trabalham na empresa começam a fazer parte dela. As decisões não são mais tomadas em uma sala fechada. Para que um ambiente de confiança seja estabelecido, o que todas as organizações precisam é de comunicação.

Um cenário onde todos ganham

A partir desse momento, a empresa pode focar no seu cliente, em fazer produtos e serviços que sejam significativos. O processos internos de trabalho são felizes e transparentes e, apesar de existir uma hierarquia, existe também um compartilhamento de responsabilidades.

As pessoas que trabalham na organização se sentem seguras para trazer inovação e soluções, mesmo que fujam do status quo estabelecido. É nesse momento que a empresa consegue ter todas as quatro dimensões equilibradas: a identidade, as relações, os processos e os recursos ficam alinhados.

E quando esse ponto é alcançado, qual o próximo passo? Descubra aqui qual é a próxima fase.

Veja também

Resiliência e movimento: como preservar a identidade da marca diante de tanta mudança? 19/11 As coisas vão mudar. Sua empresa vai crescer, o mercado vai se transformar, o consumidor vai desenvolver novos comportamentos, um concorrente novo vai surgir, você vai acrescentar um produto ou serviço ao seu portfólio. Diante de tanta mudança, como preservar a identidade da marca sem comprometer seus valores? O primeiro passo é aceitar que a natureza das coisas......
Construção de marca na pandemia: como provar o seu valor?10/11 O terreno da construção de marca nunca foi estável. Atribuir valores à marca, fazendo com que o público os perceba, é uma tarefa difícil e sensível desde sempre. E a pandemia deixou tudo isso ainda mais......

Voltar para Blog

newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Assine a nossa newsletter e recebe estes conteúdos diretamente no seu e-mail.

Nome
E-mail
Resolva :

tags blog