Case – Nelson Wendt, Sabor se faz com o coração

Estruturado a partir da metodologia Plano de Voo, Nelson Wendt trabalha 2018 com novo alinhamento de comunicação.

Todo mundo sabe que o arroz é a base da alimentação do brasileiro. Seu casamento com o feijão é perfeito, mas ele cai bem em infinitas composições e receitas. Isso sem falar em seu enorme valor nutricional. Resumindo: o arroz não é um alimento qualquer.

Cliente da Incomum, a Nelson Wendt Alimentos é um dos maiores e mais modernos representantes do setor arrozeiro do País. Especialmente com o seu carro-chefe, a marca Emoções (segunda mais vendida na maioria dos estados do Nordeste), a empresa manifesta exatamente isso: o sentimento de que o arroz é especial.

Comunicar esses valores para os públicos — tanto interno quanto externo —, porém, é um desafio e tanto. Intuindo que precisavam agir de maneira diferente na comunicação, buscaram alguém com um olhar mais estratégico na área. É aí que a Incomum entra na história.

Mas essa escolha não foi por acaso. A Nelson Wendt fora a primeira cliente da agência, há mais de 20 anos, portanto já conhecia nosso trabalho e sabia que seríamos capazes de conduzir a mudança necessária.

Plano de Voo

 

Quem conhece a Incomum sabe que o Plano de Voo é nosso grande orgulho. É uma série de ferramentas testadas e comprovadas, usadas para implementar um trabalho de comunicação estratégica. É composto por quatro etapas: diagnóstico, conceito, planejamento e solução. Nesta página você pode entender melhor.

Nosso trabalho com a Nelson Wendt é a prova de que essa metodologia serve para todos os tipos de negócio. Aqui, estamos falando de uma empresa tradicional, que atua em um setor em que arrojo em comunicação e vendas não é comum. Mesmo assim, nosso cliente comprou a ideia e colocou o Plano de Voo em prática.

Imersão

 

Para o diagnóstico do Plano de Voo, a equipe Incomum se dividiu entre Salvador, Recife e Fortaleza, capitais em que a marca Emoções é muito forte. Em quatro dias, entrevistamos empresas representantes, vendedores e gerentes de loja. Abordamos cerca de 50 consumidores e visitamos aproximadamente 40 pontos de venda. Uma verdadeira imersão.

Também conduzimos 20 horas de entrevistas em profundidade com o público interno da empresa: diretores, gerentes, membros da quarta geração da família proprietária, funcionários e também representantes da equipe comercial.

A partir daí, encontramos alguns atributos percebidos por todos — colaboradores, parceiros comerciais e até clientes antigos. Todos faziam menção a uma empresa muito boa para se trabalhar; simples, íntegra, transparente, tradicional e aberta ao diálogo.

Como processo estratégico, o Plano de Voo entra no coração da empresa e, por isso, uma ressalva é importante: não é possível fazer um trabalho desse tipo sem encontrar as portas abertas e, assim, o resultado, geralmente, emociona todos os envolvidos. Querer fazer e ver a empresa sempre melhor é um grande desejo de todos.

Da porta para fora, a empresa é percebida como acessível e confiável, uma parceira que sempre cumpre o combinado. Destaca-se também o sentimento de irmandade e gratidão com os relacionamentos mais antigos, característica de uma típica companhia familiar.

Sabor se faz com o coração

 

Depois do diagnóstico, foram definidos os pilares da empresa — palavras-chave que resumem sua personalidade, que cada colaborador deve ter em mente na hora de executar seu trabalho. A partir daí, chegamos ao conceito “SABOR SE FAZ COM O CORAÇÃO“, que norteia verbalmente a comunicação da Nelson Wendt.

Lembra o que falamos no início do texto, sobre o arroz ser um alimento especial? O conceito fala disso, mas vai além. Ele transmite o fato que, para ter qualidade, é preciso de muito zelo em cada estágio da sua produção. No plantio, na colheita, no processamento e na venda. Em todas as etapas, o arroz é tratado com carinho.

Quem acompanha os textos de nosso blog sabe o quanto somos insistentes em algumas temáticas: a identidade da empresa precisa ser verdadeira, deve estar alinhada com o seu propósito. Jamais chegaríamos nesse conceito se não tivéssemos observado que ele se manifesta na prática. Que todo esse carinho na produção do arroz Emoções é percebido no prato.

 

A partir do conceito, validado com a diretoria, passamos para a etapa do planejamento, que inclui vários insights de comunicação — alguns internos e outros externos. Avaliou-se que o ponto de ação inicial seria a convenção nacional, que aconteceu em Pelotas, com seus representantes comerciais de todo País.

Foram apresentados a eles os pilares e o conceito, para que sejam incorporados cada vez mais nas atividades. Afinal, eles que estão no front, são a cara da empresa na ponta do processo. Para o mercado, eles são a Nelson Wendt. Mesmo que sejam uma empresa terceirizada, precisam ser e transmitir o mesmo sentimento.

Mas as atividades não ocorreram de forma verticalizada. Pelo contrário. Além de palestras, houve muitas dinâmicas colaborativas — em parceria com a Laborama. Como a atividade dos 3 Cs, em que os vendedores foram estimulados a opinar sobre o que deve cessar, o que deve continuar e o que deve começar a ser feito em seu trabalho.

A etapa seguinte do trabalho, que está em andamento, é conversar com a diretoria para, a partir das sugestões colhidas na convenção, avaliar o que pode ser colocado em prática de imediato, o que deve originar ações a longo prazo e o que não poderá ser executado. Sempre em colaboração com a equipe de vendas.

Incomum: o braço direito da empresa

 

Gostamos de dizer que somos o braço direito de nossos clientes. Porque a comunicação é uma questão central nas organizações, mais importante do que muitos pensam. No trabalho para a Nelson Wendt, isso ficou claro, sobretudo nas conversas internas.

Nas entrevistas que tivemos com a família que comanda a empresa, percebemos que muitos de nossos insights não eram novidade. Faltava, porém, conversar sobre aquilo, problematizar e submeter as questões a um raciocínio estruturado, estratégico. A Incomum então age como uma facilitadora de processos e é isso que permitiu aprofundar várias questões intocadas.

Nossa função, como agência de comunicação estratégica, também é essa: criar espaços de diálogo, organizar e dar clareza às ideias.

Depoimento: Jones Wendt, Diretor Comercial, membro da 3ª geração, comenta sobre o Plano de Voo aplicado na Nelson Wendt.

Quer saber mais sobre nossa metodologia e no que podemos ajudar? Entre em contato e marque uma conversa com a gente.

Compartilhe este conteúdo
LinkedIn
Twitter
Facebook
Pesquisar

Newsletter Incomum

Assine a nossa newsletter e recebe estes conteúdos diretamente no seu e-mail.

Entre em contato e cuidaremos da sua marca.

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Para mais informações, visite nossa Política de Privacidade.