Aba 1

BLOG|INCOMUM*

Postado em 29 de Junho de 2016 às 00h00

6 coisas que você precisa saber sobre e-mail marketing

Conteúdo (120)
Não use indiscriminadamente este canal. Coloque estratégia e cuidado para obter uma boa relação entre sua marca e seu cliente. O e-mail não morreu.

O e-mail marketing é uma das ferramentas mais poderosas que temos no marketing digital. Por meio dele é possível direcionar conteúdo, segmentar promoções, aumentar as vendas ou, por outro lado, passar uma péssima impressão para o cliente. Por isso, é muito importante ficar atento às suas estratégias.

No post de hoje vamos dar 6 dicas de como utilizar bem essa ferramenta para ter apenas resultados positivos. Confira!

Não compre listas

Uma prática relativamente comum é comprar listas de e-mails, muitas vezes aleatórias, e efetuar disparos sem o menor critério. Isso é ruim por dois motivos. O primeiro é que a pessoa dona desse e-mail não pediu ou autorizou o recebimento do seu conteúdo, o que pode incomodá-la. Isso nos traz para o segundo problema: spam.

Se muitas pessoas começarem a marcar seus e-mails como spam, os grandes provedores, como Gmail, Hotmail, Yahoo!, começarão a classificar todos os seus disparos como spam, inclusive para aquelas pessoas que gostariam de recebê-los. Por isso a importância de criar a sua própria lista.

Faça segmentação

Antes de fazer o disparo, faça uma segmentação da sua base de contatos, seja por um perfil comportamental ou demográfico. Por exemplo: é mais provável que mulheres comprem calcinhas e camisolas (segmentação demográfica) do que homens, da mesma forma que alguém que comprou um acessório do Capitão América esteja mais propenso a comprar um do Homem de Ferro (segmentação comportamental).

Outros exemplos de segmentação são cargo, sexo, origem do cliente, ações tomadas no site e etc.

Faça testes A/B

Como saber qual e-mail converte mais? O único jeito é testando. Quando você for fazer um disparo e quiser saber qual tipo tem melhor performance, separe grupos dentro da sua base de forma aleatória, dispare cada tipo de e-mail para um deles e analise os resultados. Fazer esse teste de forma constante pode te ajudar a ir sempre melhorando a efetividade da sua campanha de e-mail marketing.

Cuidado com a formatação

Existem algumas práticas que são comumente classificadas como características de spam, então evite-as. Por exemplo: título do e-mail em caixa alta, excesso de palavras ou expressões como "grátis", "Clique aqui", "free", "urgente", excesso de acentos ou de "!!!!!", entre outros.

Envie seu e-mail marketing na frequência certa

Talvez o seu público não queira receber e-mails todos os dias a respeito de uma determinada promoção imperdível. Talvez o seu público esqueça de você caso isso ocorra apenas mensalmente. Tanto o excesso quanto a falta são igualmente prejudiciais.

Uma forma de achar o meio termo é começar enviando pouco (uma vez por semana ou uma vez a cada duas semanas) e aumentar gradativamente, sempre analisando os resultados. Outra forma interessante é deixar que o usuário escolha a frequência e os assuntos que ele quer receber; assim, você evita ser ignorado ou classificado como spam.

Deixe o unsubscribe fácil e visível

Alguém se descadastrar da sua lista de e-mails parece ruim, certo? E realmente é. Mas como já falamos no início, é bem pior se várias pessoas, uma vez que não tenham opção de parar de receber seus e-mails "por bem", decidam classificá-los como spam. Nesse caso, a opção de perder alguns pode ser mais interessante do que perder todos.

Gostou das nossas dicas? Compartilhe nas suas redes sociais!

Veja também

Compartilhando as Atitudes do Bem do Grupo Malwee13/01 Em novembro de 2020, lojistas que trabalham com as marcas do Grupo Malwee — uma das maiores empresas de moda do Brasil — receberam um presente: um kit com uma revista de capa dura, um troféu e uma carta de agradecimento. A revista, intitulada Atitudes do Bem, mostra tudo que a empresa tem feito para retribuir o carinho que recebe da comunidade e de seus parceiros, em especial as......
A evolução da comunicação estratégica da UCPel18/12/20 A UCPel e a Incomum nutrem uma parceria de longa data. Passamos por muitas campanhas e transformações juntos. Uma das viradas mais importantes dessa relação foi a ampliação do marketing tradicional com......

Voltar para Blog

newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Assine a nossa newsletter e recebe estes conteúdos diretamente no seu e-mail.

Nome
E-mail
Resolva :

tags blog